Itália estima danos de terremoto em 7 bilhões de euros

BRUXELAS, 16 NOV (ANSA) - É de pelo menos 7 bilhões de euros a estimativa oficial da Itália dos danos causados pelo terremoto do último dia 24 de agosto, que devastou as cidades de Amatrice e Accumoli e um distrito de Arquata del Tronto, na região central do país.   

A cifra está em um pedido apresentado por Roma para ter acesso ao Fundo Europeu de Solidariedade, criado pela União Europeia para responder a desastres naturais nos Estados-membros do bloco.   

Embora maior do que a projeção apresentada pelo governo de Matteo Renzi em outubro passado, que era de 4,5 bilhões de euros, o número não contempla os tremores ocorridos nas últimas semanas, que atingiram principalmente o município de Norcia, também no centro da Itália.   

Segundo fontes italianas em Bruxelas, a estimativa dos danos causados pelos terremotos de outubro ainda está sendo calculada.   

De acordo com a Comissão Europeia, a solicitação de Roma será tratada "rapidamente" para acelerar os esforços para a "reconstrução do país".   

"A UE é totalmente solidária às autoridades e cidadãos italianos", disse o poder Executivo do bloco. Desde a criação do fundo, em 2002, a Itália é sua principal beneficiária, tendo recebido nesse período 1,3 bilhão de euros, boa parte desse total após o sismo de abril de 2009, que destruiu a cidade de L'Aquila.   

O terremoto de Amatrice iniciou uma série de tremores no centro do país, que já dura mais de dois meses e deixou, até aqui, 300 mortos, sendo que 299 deles faleceram no de 24 de agosto. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos