Ex-deputado italiano é condenado por ligação com Camorra

SANTA MARIA CAPUA VETERE, 17 NOV (ANSA) - O ex-deputado italiano Nicola Cosentino foi condenado nesta quinta-feira (17) a nove anos de prisão e interdição perpétua de cargos públicos por associação camorrista.   

Segundo o tribunal de Santa Maria Capua Vetere, na região da Campânia, o ex-parlamentar construiu uma rede de poder com o apoio de clãs da Camorra - a máfia napolitana - da cidade de Casal di Principe.   

Cosentino foi denunciado por mafiosos arrependidos, que revelaram suas estreitas ligações com a máfia. Membro do ex-partido de Silvio Berlusconi, o Povo da Liberdade (PDL), ele também foi subsecretário do Ministério das Finanças durante um dos mandatos do líder conservador.   

"É uma sentença que não me convence. Estou seguro de que Cosentino não cometeu o crime de associação mafiosa", declarou o advogado do ex-deputado, Agostino De Caro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos