Investigação em Milão identifica jihadista que se uniu ao EI

MILÃO, 18 NOV (ANSA) - Um homem de origem marroquina que vivia em Bresso, na cidade de Milão, na Itália, foi localizado pela Procuradoria do Iraque no país e confirmou as suspeitas dos italianos de que ele se tornou um jihadista do grupo terrorista Estado Islâmico (EI, ex-Isis).   

Segundo os investigadores, Ahmed Taskour deixou a Itália em dezembro de 2014 com a esposa e os filhos, nascidos em 2005 e 2001 no país, com a desculpa de que iria passar as férias natalinas no Marrocos. Fez diversos saques bancários de sua conta, sem levantar suspeitas, e não voltou mais a Milão.   

Dado como procurado pela Justiça italiana por suspeita de terrorismo internacional, ele foi localizado pelos iraquianos como um dos membros do EI. Desde então, também é procurado em território iraquiano e há um reforço nas entradas aérea e marítima da Itália.   

Apesar de não haver informações atualizadas sobre sua família, seu filho mais novo apareceu em um vídeo do grupo extremista ameaçando o Ocidente com ataques terroristas. O vídeo divulgado em novembro de 2015 foi analisado pelas autoridades italianas, que confirmaram a autenticidade das imagens. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos