Trump garante que Ford não transferirá unidade para México

ROMA, 18 NOV (ANSA) - Após ameaçar construir um muro na fronteira com o México e retirar os Estados Unidos do NAFTA, o recém-eleito presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou que a Ford desistirá da ideia de transferir sua fábrica para o país vizinho. Em uma mensagem no Twitter postada ontem (17), Trump contou que conversara com o presidente da Ford, Bill Ford Jr., quem lhe garantiu que a montadora manterá sua linha de produção em Kentucky. "Eu trabalhei duro com o Bill Ford para manter a unidade que produz o Lincoln em Kentucky. Eu devia isso ao grande estado do Kentucky por sua confiança em mim", escreveu o magnata republicano. "Ele vai manter a fábrica do Lincoln em Kentucky", disse. A unidade da Ford em Louisville, no estado de Kentucky, emprega 4,7 mil pessoas e fabrica os modelos Lincoln MKC SUV e o Ford Escape. De acordo com a porta-voz da empresa, Christin Baker, a montadora realmente confirmou a Trump que não mudará sua linha de produção. No entanto, ela pediu que o republicano e o Congresso busquem políticas que melhorem a competitividade dos EUA e tornem viável manter a produção no país. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos