Grupo xenófobo ataca campo de imigrantes na Grécia

ROMA, 19 NOV (ANSA) - Um grupo de pessoas atacou o campo de refugiados de Souda, na ilha grega de Chios, na noite desta sexta-feira (18). Desde o início do dia, havia dezenas de manifestantes no local pedindo para que o governo retirasse os deslocados que vivem no acampamento há meses.   

Segundo as informações da mídia local, cerca de 150 imigrantes precisaram fugir e mais de 50 barracas e tendas de moradia foram incendiadas pelos xenófobos. Há suspeitas de que o partido de ultradireita Aurora Dourada tenha realizado o ataque, mas ainda não está claro quem organizou as ações.   

Desde a última quarta-feira (16), o campo vem sofrendo com ataques de menor intensidade após comerciantes locais acusarem marroquinos de roubarem suas lojas. No entanto, o período dos ataques coincide, justamente, com visitas de membros da sigla à ilha.   

Chios acolhe cerca de quatro mil refugiados e a lentidão dos procedimentos para o registro dos estrangeiros e o temor dos deslocados de serem expulsos para a Turquia faz com que a tensão entre imigrantes e moradores esteja sempre alta.   

A Grécia, ao lado da Itália, é o país europeu que mais recebe imigrantes que tentam a sorte em perigosas travessias pelo Mar Mediterrâneo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos