Justiça de Nova York condena sobrinhos de esposa de Maduro

NOVA YORK, 19 NOV (ANSA) - Um tribunal de Nova York condenou na noite desta sexta-feira (18) os dois sobrinhos de Cilia Flores, esposa do presidente venezuelano Nicolás Maduro, Antonio Campos Flores e Francisco Flores de Freitas Ambos foram considerados culpados por entrar nos Estados Unidos com 800 quilos de cocaína. Os dois foram presos há um ano no Haiti durante uma operação da agência antidrogas norte-americana, a DEA, e agora podem ser condenados à prisão perpétua.   

Segundo as autoridades dos EUA, Freitas e Flores iriam usar o dinheiro para ajudar a família a continuar no poder. Cilia nunca fez comentários públicos sobre o caso. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos