Cresce número de italianos satisfeitos com a própria vida

ROMA, 22 NOV (ANSA) - Pela primeira vez em cinco anos, aumentou o nível de satisfação dos italianos em relação a sua condição de vida, de acordo com dados publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (Istat).   

Segundo a entidade, o número de cidadãos com mais de 14 anos que sentem uma "alta satisfação" passou de 35,1% em 2015 para 41% em 2016, revertendo uma longa trajetória de queda iniciada em 2011.   

Esse sentimento tende a crescer conforme aumenta a idade: entre os jovens de 14 a 19 anos, a satisfação com a própria vida chega a 54,1%, índice que cai para 34,4% entre os maiores de 75. Além disso, subiu o número de famílias que avaliam que sua situação econômica não se alterou (de 52,3% em 2015 para 58,3% em 2016) ou melhorou (de 5% para 6,4%).   

No entanto, o Istat também apontou que os italianos são bastante desconfiados. De acordo com a pesquisa, 78,1% dos cidadãos do país dizem que é preciso ficar "muito atento" em relação aos outros. No sul, apenas 16,5% da população acredita que a maioria das pessoas é digna de confiança, índice que sobe para 20,8% no centro e 21,7% no norte.   

Já entre as principais preocupações das famílias italianas estão criminalidade (38,9%), poluição do ar (38%), trânsito (37,9%), dificuldade de estacionar (37,2%) e sujeira nas ruas (33%).   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos