Itália abre inquérito sobre morte de turista na Bahia

RAGUSA, 22 NOV (ANSA) - A Procuradoria de Ragusa, na Sicília, abriu um inquérito sobre a morte da turista italiana Pamela Canzonieri, de 39 anos, em Morro de São Paulo, no estado da Bahia.   

A vítima, que trabalhava como garçonete na vila, foi achada morta em sua residência na última quinta-feira (17), mas ainda não se sabe a causa do falecimento. Segundo a polícia, o corpo tinha "marcas" e estava cercado por vestígios de uso de drogas, embora o pai de Pamela negue que a filha usasse substâncias ilícitas.   

De acordo com o procurador de Ragusa, Carmelo Petraglia, o objetivo do inquérito é ajudar a polícia local a realizar "investigações independentes", o que não estaria sendo feito até agora. A turista era natural da cidade siciliana. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos