Itália listou 5 mil suspeitos de terrorismo durante Jubileu

ROMA, 22 NOV (ANSA) - A Itália monitorou durante o Ano Santo do Jubileu mais de cinco mil estrangeiros que apresentavam riscos de terrorismo, informou nesta terça-feira (22) o ministro o Interior do país, Angelino Alfano. Em uma apresentação sobre os dados de segurança relacionados ao Jubileu Extraordinário convocado pelo papa Francisco e encerrado no domingo (20), Alfano disse que 5,3 mil pessoas eram suspeitas de manterem potenciais laços com "radicalização". Ao todo, foram realizados monitoramentos em 300 zonas públicas e 200 veíuculos, além de 500 buscas residenciais. O Jubileu, um dos principais eventos da Igreja Católica, ocorre a cada 25 anos, mas foi convocado de maneira extraordinária pelo papa Francisco para 2015-2016, com o tema da misericórdia. A celebração ocorreu durante o ano em que o alerta de terrorismo em toda Europa estava em nível máximo devido aos atentados que ocorreram na França e na Bélgica. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos