Roberto Freire é nomeado como novo ministro da Cultura

SÃO PAULO, 22 NOV (ANSA) - O presidente Michel Temer nomeou o deputado federal e chefe do Partido Popular Socialista (PPS), Roberto Freire, para exercer o cargo de ministro da Cultura. A indicação foi publicada nesta terça-feira (22) no Diário Oficial da União (DOU).   


Freire substituirá o diplomata Marcelo Calero, que pediu demissão na semana passada por "divergência com alguns membros do governo". Calero acusou o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, de pressioná-lo para liberar um empreendimento imobiliário luxuoso em Salvador, acusação que é negada pelo peemedebista.   


Recém-nomeado, Freire já afirmou que vai reformular umas das principais medidas de incentivo à cultura no país, a Lei Rouanet. Embora diga ser favorável a essa política, o novo ministro ressaltou que a atual situação "não pode permanecer como está".   


Diversas irregularidades envolvendo Lei Rouanet têm sido apontadas pela Polícia Federal durante ação para coibir repasses a empresas patrocinadoras de projetos culturais. A posse do novo ministro da Cultura deve acontecer nesta quarta-feira (23), às 12h, em cerimônia no Palácio do Planalto. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos