Parlamento pede suspensão de negociações entre UE e Turquia

ESTRASBURGO, 24 NOV (ANSA) - O Parlamento Europeu aprovou nesta quinta-feira (24) um texto que pede a suspensão das negociações de entrada da Turquia na União Europeia. Foram 479 votos a favor do projeto, 37 contra e 107 abstenções.   

Segundo o documento, o governo turco está tomando "medidas repressivas desproporcionadas" contra suspeitos de planejarem o fracassado golpe de Estado contra o presidente Recep Tayyip Erdogan. O texto ainda cita a proposta de Ancara de reintroduzir a pena de morte no país e que, só isso, já impediria a entrada da nação no bloco econômico.   

Apesar das críticas, os eurodeputados afirmaram que a Turquia deve ficar "ancorada" na UE pela "importância estratégica" das relações.   

Nesta quarta-feira (23), em um discurso em Istambul, Erdogan havia dito que a votação do Parlamento "não tinha valor" para seu governo e que a União Europeia vem falhando em cumprir suas promessas, especialmente, na liberação da necessidade de vistos para os turistas turcos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos