Velório coletivo deve ter 51 vítimas da tragédia da Chape

SÃO PAULO, 1 DEZ (ANSA) - O porta-voz da Chapecoense, Andrei Copetti, informou que o clube está trabalhando na preparação para o velório coletivo na Arena Condá e que, até o momento, já há a autorização das famílias para que 51 vítimas sejam veladas no estádio.   


Apesar de não ter confirmação do horário da liberação de todos os corpos, Copetti informou que, por enquanto, manterá o horário do 12h desta sexta-feira (2) para a realização do velório.   


Assim que os falecidos chegarem ao aeroporto, eles prosseguirão em cortejo com carros dos bombeiros e, ao chegar a Arena, será feita uma cerimônia privada para as famílias. Depois, os caixões serão levados ao gramado para que os torcedores se despeçam dos atletas.   


O porta-voz estima que 100 mil pessoas passarão pela Arena Condá para a despedida final. Serão disponibilizados ainda telões na área externa do estádio para que os moradores locais acompanhem a cerimônia. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos