Afluência de referendo italiano no Brasil foi de 30%

SÃO PAULO, 02 DEZ (ANSA) - Dados preliminares fornecidos por fontes ouvidas pela ANSA indicam que a participação de cidadãos italianos residentes no Brasil no referendo constitucional de 4 de dezembro foi de aproximadamente 30%.   

Os cerca de 400 mil eleitores que vivem no maior país da América Latina tinham até as 16h da última quinta-feira (1º) para enviar suas cédulas preenchidas ao Consulado mais próximo. Os envelopes recebidos a partir desse horário serão descartados.   

Na Itália, a votação será realizada no próximo domingo (4). A afluência de 30% está um pouco abaixo dos 40% vistos no restante do mundo, mas os números oficiais só sairão após o referendo.   

Tanto o lado do "sim" quanto o do "não" acreditam que o voto no exterior pode representar entre 5% e 6% do total de eleitores, algo em torno de 1,5 milhão. No Brasil, o governo espera que pelo menos 75% dos italianos tenham votado pelo "sim".   

Se os números acima se confirmarem, serão 90 mil votos em defesa da reforma constitucional do primeiro-ministro Matteo Renzi. É pouco para decidir um referendo que deve ter entre 25 e 30 milhões de eleitores, porém pode ganhar relevância em uma apuração que se prenuncia bastante apertada.   

O governo do premier fez campanha intensa pelo "sim" em outros países, inclusive no Brasil, que recebeu a visita da ministra para as Relações com o Parlamento, Maria Elena Boschi, autora do projeto. As ações de Renzi no exterior geraram críticas da oposição e ameaças de denúncia à Justiça.   

"Apesar dos votos inventados ou comprados ao redor do mundo por Renzi, o voto dos italianos dará a vitória ao 'não'", declarou nesta sexta-feira (2) o líder do partido de extrema-direita Liga Norte, Matteo Salvini. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos