Áustria volta às urnas para 2º turno de eleição presidencial

BERLIM, 04 DEZ (ANSA) - A Áustria voltou às urnas neste domingo (4) para o segundo turno da eleição presidencial no país, que havia sido realizado em maio passado, mas acabou anulado por conta de irregularidades na apuração.   

As pesquisas preveem uma disputa apertada entre o candidato apoiado pelo Partido Verde, Alexander van der Bellen, e o postulante do eurocético Partido da Liberdade (FPÖ), Norbert Hofer, de extrema-direita.   

No primeiro semestre, Van der Bellen tinha vencido por uma vantagem de apenas 30 mil votos. No entanto, o FPÖ apresentou um recurso denunciando irregularidades na apuração dos votos enviados pelos correios. Segundo a sigla, algumas cédulas foram abertas antes do prazo legal.   

Em julho, a eleição foi anulada pela Corte Constitucional da Áustria. O segundo turno chegou a ser marcado para 2 de outubro, porém foi adiado para 4 de dezembro após a constatação de problemas nos envelopes das cédulas dos votos por correspondência.   

A votação representa mais uma chance para Hofer assumir o cargo de chefe de Estado. O extremista baseou sua campanha em um duro discurso contra a imigração e a União Europeia, no momento em que o bloco já tem de lidar com a "Brexit" e convive com o avanço de forças eurocéticas em diversos países. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos