Candidato eurocético admite derrota na Áustria

BOLZANO, 04 DEZ (ANSA) - O candidato ultranacionalista Norbert Hofer, do Partido da Liberdade (FPÖ), admitiu a derrota para o postulante apoiado pelo Partido Verde, Alexander van der Bellen, no segundo turno da eleição presidencial na Áustria, realizado neste domingo (4).   

"Estou infinitamente triste em não ter conseguido. Queria cuidar da Áustria", escreveu Hofer no Facebook. Pouco antes, a emissora pública "ORF" havia projetado a vitória de Van der Bellen. As urnas foram fechadas às 17h (horário local), e o "verde" lidera a apuração com 53% da preferência.   

Em maio passado, ele havia vencido o segundo turno com uma margem de apenas 30 mil votos, mas o pleito foi anulado pela Corte Constitucional devido a irregularidades na votação por correspondência.   

Se confirmada, a nova vitória de Van der Bellen deixará a União Europeia aliviada, já que Bruxelas temia a ascensão de um candidato eurocético poucos meses depois do referendo que determinou a saída do Reino Unido do bloco.   

Hofer havia baseado sua campanha em um duro discurso contra a imigração e a integração europeia e conquistou boa parte do eleitorado usando os mesmos tons nacionalistas que vêm ganhando força não apenas na UE, mas também em países como os Estados Unidos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos