Após referendo, casa de opositor recebe placa de 'Liberland'

GÊNOVA, 5 DEZ (ANSA) - Após a vitória do "não" no referendo constitucional na Itália, a casa do maior opositor do premier Matteo Renzi, Beppe Grillo, amanheceu nesta segunda-feira (5) com uma placa "Embaixada Italiana Liberland".   

Colocada sob a caixa postal no portão da casa do líder do Movimento Cinco Estrelas (M5S) em Gênova, a placa faz referência ao minúsculo território que fica entre a fronteira da Croácia e da Sérvia - e que não é reivindicado por nenhum dos dois governos. "Fundado" pelo tcheco Vit Jedlicka, a ideia do "novo país" é ser livre de impostos e de governos tradicionais. A ideia é um paralelo com o que sempre foi pregado pelo M5S, um partido antissistema e populista. Nascido em 2009, o "não partido" de Grillo se colocou entre as tradicionais forças de centro-esquerda e centro-direita que governavam a Itália desde o fim da Segunda Guerra Mundial e tornou-se o maior rival do Partido Democrático (PD), de Renzi.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos