Arqueólogos identificam múmia de rainha egípcia Nefertari

ROMA, 6 DEZ (ANSA) - Um grupo de arqueólogos anunciou nesta terça-feira (6) ter identificado a múmia da rainha egípcia Nefertari. De acordo com os especialistas, estão no Museu Egípcio de Turim, na Itália, as pernas de uma das monarcas mais célebres do Antigo Egito. O estudo foi realizado por arqueólogos internacionais sob coordenação da Universidade de York, no Reino Unido, e publicado no "Plos One". Nefertari foi esposa de Ramsés II, faraó do Egito, e nasceu aproximadamente 1.290 a.C. Sua morte ocorreu em 1.254 a.C.   

Segundo os especialistas, as pernas de Nefertari estão consevados em uma urna. Foram realizados exames químicos, análises antropológicas e datações de carbono para identificar o corpo, cujos indícios apontavam para uma mulher de 40 anos de idade. O material usado para embalsamar as pernas também corresponde aos métodos usados em mumificações. O corpo tinha sido encontrado em uma tumba no Vale das Rainhas, em 1904, pelo arqueólogo italiano Ernesto Schiaparelli. O local também contava com outros restos mortais que foram enviados para o Museu Egípcio de Turim. No entanto, apenas recentementes foram iniciados estudos para constatar se o corpo pertencia à rainha Nefertari. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos