Em primeiro dia após renúncia, Renzi se refugia em Florença

PONTASSIEVE, 08 DEZ (ANSA) - O premier da Itália, Matteo Renzi, que permanece no cargo apenas em caráter demissionário, passou o primeiro dia após a renúncia em sua casa em Pontassieve, nos arredores de Florença, cidade da qual foi prefeito entre 2009 e 2014.   

Logo após ter entregado sua carta de demissão, na noite da última quarta-feira (7), o primeiro-ministro retornou para a Toscana, onde fotógrafos o aguardavam. Nesta quinta (8), Renzi saiu de casa para acompanhar o filho mais velho no futebol e depois voltou para almoçar com sua esposa, a professora Agnese Landini.   

Depois, saiu novamente dirigindo, desta vez com a mulher e os filhos. Ele não quis dar declarações à imprensa, apenas brincou com os jornalistas que o fotografavam em seu carro. "Vão para casa, hoje eu sou motorista", disse.   

Antes de renunciar, Renzi havia dito que dedicaria a quinta-feira, que é feriado nacional na Itália pelo Dia da Imaculada Conceição, ao aniversário de 86 anos de sua avó e a jogar Playstation com os filhos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos