Michael Jordan vence processo contra marca chinesa

SÃO PAULO, 8 DEZ (ANSA) - O ex-jogador de basquete norte-americano Michael Jordan venceu nesta quinta-feira (8) um processo de quatro anos contra a empresa chinesa de material esportivo "Qiaodan Sports" por uso indevido de seu nome.   


"Qiaodan" é como Jordan é chamado em mandarim. A companhia tem como símbolo um atleta segurando uma bola ao saltar, que seria uma releitura de uma foto icônica do jogador quando ele atuava pelo Chicago Bulls. Além disso, a marca chinesa produz tênis de basquete com o número 23, que era usado pelo astro.   


Jordan enfrentava essa batalha judicial desde 2012, mas havia sofrido derrotas na primeira e segunda instância. Agora, entretanto, o ex-atleta terá o direito de uso sobre a marca registrada. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos