França prolonga estado de emergência por ameaça terrorista

PARIS, 10 DEZ (ANSA) - A França vai prolongar até 15 de julho de 2017 o estado de emergência que está em vigor desde os atentados terroristas de 13 de novembro de 2015, afirmou neste sábado (10) o novo premier, Bernard Cazeneuve. De acordo com Cazeneuve, que era ministro do Interior, a ampliação da medida é uma resposta às constantes ameaças terroristas sofridas pelo país, principalmente por estar próximo de realizar eleições presidenciais e legislativas. Segundo relatórios apresentados pelo Conselho de Ministros, a prorrogação da medida será submetida ao Parlamento na próxima semana. "O estado de emergência tem demonstrado amplamente sua eficácia. Em um ano, fizemos 4.194 buscas, que levaram a 517 prisões e à apreensão de 600 armas, incluindo 77 de guerra", ressaltou Cazeneuve.   

Na saída do Conselho, o primeiro-ministro ainda disse que a decisão dará tempo suficiente para que o presidente e o Parlamento eleitos analisem a situação de segurança da França.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos