China denuncia EUA e UE na Organização Mundial de Comércio

PEQUIM, 12 DEZ (ANSA) - A China abriu uma denúncia na Organização Mundial do Comércio (OMC) contra os Estados Unidos e a União Europeia após sua "mudança de status" para economia de mercado, informou o Ministério do Comércio do país nesta segunda-feira (12).   

Ontem (11), chegou ao fim o prazo de 15 anos para que os chineses sejam reconhecidos como uma economia de mercado. Com isso, Pequim considera que acabou o prazo para que os membros da OMC usem a chamada flexibilidade nas investigações antidumping.   

O "dumping" é conhecido no mercado como a prática de vender produtos a um preço inferior que aquele praticado pelo mercado como forma de derrotar a concorrência. Nos últimos 15 anos, todos os membros da OMC puderam fazer esse cálculo para verificar qual seria o "nível de dumping" em cada produto chinês exportado.   

Assim que venceu o prazo, Pequim já abriu uma denúncia direta dizendo que essa prática de cálculo de preços é ilegal. Para os chineses, o fim do prazo considera automaticamente a mudança, sem necessidade de novas negociações.   

"Infelizmente, os EUA e a UE não satisfizeram ainda essa obrigação [...] que influenciou seriamente a exportação e o nível de ocupação em algumas indústrias chinesas", disse em nota o Ministério.   

O governo norte-americano, no entanto, já se posicionou contra o reconhecimento de que a China é uma economia de mercado e querem continuar a impor altas sobretaxas contra produtos com preços "desleais".   

"Lamentamos que a China esteja lançando essa disputa mesmo com o fato de que a Comissão Europeia já ter feito uma proposta de emenda para a legislação sobre essa questão", disse um porta-voz da Comissão nesta segunda. Ele ainda confirmou que a "UE foi notificada pelo pedido de consulta" e que "agora estudaremos e aceitaremos o pedido de entrar em análise". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos