Papa pede a Assad que garanta 'direitos humanos' de sírios

CIDADE DO VATICANO, 12 DEZ (ANSA) - Na carta enviada pelo papa Francisco ao presidente da Síria, Bashar al-Assad, o líder católico pediu que seja "garantido que os direitos humanos internacionais sejam plenamente respeitados no que toca à proteção dos civis e o acesso à ajuda humanitária".   

O documento, entregue pelo cardeal Mario Zenari, que atua como núncio apostólico em Damasco, pede ainda que Assad e a comunidade internacional "ponham um fim à violência" e consigam encontrar "uma solução pacífica para as hostilidades". Jorge Mario Bergoglio ainda condenou "todas as formas de extremisto e terrorismo de qualquer lado que elas possam vir". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos