Procuradoria de Roma investiga mortes de italianos no Brasil

ROMA, 12 DEZ (ANSA) - A Procuradoria de Roma abriu duas investigações sobre as mortes dos cidadãos italianos no Brasil nas últimas semanas.   


Os casos são referentes aos assassinatos de Roberto Bardella, morto no dia 8 de dezembro, em uma favela do Rio de Janeiro, e de Alberto Baroli, esfaqueado no dia 5 de dezembro em uma assalto a sua residência em Beberibe, no Ceará. Ambos os crimes estão sendo analisados pelo procurador-adjunto Francesco Caporale e pelas procuradoras-substitutas Elisabetta Cerniccola e Tiziana Cugini.   


Bardella, 52 anos, tinha saído do Paraguai e vindo ao Brasil para conhecer o país em uma viagem de moto. No entanto, ao entrar por engano na favela do Morro dos Prazeres, no Rio de Janeiro, Bardella e seu amigo, Rino Polato, foram confundidos com policiais e atacados com tiros por traficantes locais.   


Polato chegou a ficar ferido pelo ataque, mas não ficou em situação grave. Bardella não teve a mesma sorte. Por causa disso, a Polícia do Rio fez o pedido de prisão de sete suspeitos do crime.   


Já Baroli, 51, foi esfaqueado ao reagir após uma assalto à casa onde estava com a esposa, que não teve o nome divulgado. Um grupo de bandidos invadiu a residência e levou cinco mil euros, um celular e um computador. No caso desse crime, duas pessoas já foram presas e outras três estão sendo procuradas.   


A morte dos dois junta-se à da italiana Pamela Canzonieri, 39 anos, que foi assassinada por Antônio Patrício dos Santos, mais conhecido como Fabrício, no dia 17 de novembro, em Morro de São Paulo, na Bahia. O caso dela já estava sendo investigado pela Procuradoria anteriormente.   


- Fotos de Bardella: A esposa de Bardella, Claudia Vianello, divulgou à ANSA algumas das fotos tiradas pelo marido de sua viagem pelo Brasil. As imagens mostram passeios pela praia e às Cataratas do Iguaçu, além da ida a um barbeiro e alguns cuidados com sua moto. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos