Violino italiano de 1,4 milhão de euros é furtado em Genebra

GENEBRA, 12 DEZ (ANSA) - Um violino do século 18 fabricado pelo italiano Giovanni Battista Guadagnini foi furtado dentro de um trem em Genebra, na Suíça.   

O instrumento, que tem valor estimado em 1,4 milhão de euros, pertence ao músico ucraniano Pavel Vernikov, um dos nomes mais conhecidos do mundo dos violinos e que já participou de concertos eruditos nas principais capitais do planeta.   

Quatro arcos e os documentos do violinista, que voltava para sua casa em Viena, na Áustria, também foram levados. O violino foi feito por Guadagnini, um dos "luthiers" - como são conhecidos os que fabricam esse instrumento - mais célebres de sua época, por volta de 1747.   

O furto aconteceu durante a parada em uma das estações mais movimentadas de Genebra. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos