Ação contra jogos ilegais prende empresários em Roma

ROMA, 13 DEZ (ANSA) - A Direção Distrital Antimáfia de Roma prendeu nesta terça-feira (13) um grupo de empresários e ex-políticos ligados à distribuição de jogos ilegais, como máquinas caça-níquel, jogos on-line e vídeo-loterias.   

Entre os detidos, estão o empresário Francesco Corallo e o ex-parlamentar do antigo partido Povo pela Liberdade (Pdl) - que originou o Força Itália de Silvio Berlusconi - Amedeo Laboccetta. São investigados ainda os empresários Sergio Tulliani e Giancarlo Tulliani, sogro e cunhado, respectivamente, do ex-presidente da Câmara dos Deputados da Itália, Gianfranco Fini.   

As prisões, que também foram efetuadas no exterior, tem como acusação a associação para o crime internacional e a lavagem de dinheiro. Além das detenções, foram efetuados diversos sequestros de bens e contas correntes que somam centenas de milhões de euros. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos