Conheça 15 programas imperdíveis nas Ilhas Cayman

(ANSA) - BUENOS AIRES, 13 DEZ - O pequeno arquipélago das Ilhas Cayman, pertencente ao Reino Unido e situado entre Cuba e Jamaica, se tornou um dos destinos mais famosos do Caribe. Entre as principais atrações, está o fato de ser ideal para praticar mergulho e também uma parada habitual dos cruzeiros - além de ser um destino gastronômico e de compras. Conheça ao menos 15 programas imperdíveis das Ilhas Cayman: 1.Praia de sete milhas: areia branca e água transparente durante 11 quilômetros ininterruptos por toda sua extensão. É nessa enseada que estão localizados os principais hotéis e serviços de diversão, como decks flutuantes e locação de embarcações pequenas. 2.Cayman Turtle Farm: uma "fazenda" de tartarugas marinhas onde o visitante tem a oportunidade de nadar com os animais. Além se refrescar em um parque aquático, o turista pode contemplar um aquário com peixes do mar do Caribe. 3.Chef Eric Ripert: os pratos de um dos chefs franceses mais prestigiados do momento, vencedor de três estrelas Michelin por suas criações a base de pescados e mariscos, agora pode ser encontrado nas Ilhas Cayman. Eric Ripert abriu um restaurante no hotel mais luxuoso do arquipélago, o Ritz Carlton.   


4.A casa da democracia: Pedro St. James é uma mansão histórica construída pelo pioneiro britânico William Eden, em 1780, na costa norte da ilha Grand Cayman. Foi lá que a decisão de formar o primeiro Parlamento das Ilhas Cayman foi tomada, em 1831. E anos mais tarde, a abolição da escravidão, em 1835. Atualmente, o local é um museu que recria a vida caribenha no século 19.   


5.Mergulhar em Cayman Brac e Little Cayman: as pequenas ilhas são ideais para os amantes do esporte aquático. Isso porque a visibilidade do mar alcança dezenas de metros de profundidade graças à água cristalina que tem temperatura entre 25 a 28 graus. Durante o mergulho é possível se aproximar de tartarugas, raias, moreias, cavalos-marinho, carangueijos e muitos outros peixes. 6.As cavernas das ilhas: Crystal Caves é um conjunto de três cavernas com paredes cheias de estalactites e estalagmites. O local, em meio do bosque tropical nativo, foi arrumado e iluminado para os turistas, que podem fazer uma visita guiada - para não incomodar as colônias de morcegos que habitam ali. 7.Piquenique na praia de Rum Point: é o lugar preferido das famílias com crianças e idosos, porque o mar é muito tranquilo e pouco profundo. Também é um dos melhores lugares para fazer snorkeling, principalmente em Stingray City. 8.Nadar com raias: localizado no norte da ilha Grand Cayman e a poucos minutos de barco da praia Rum Point, existem bancos de areias onde raias nadam em abundância. Durante o snorkeling, as pessoas podem interagir com as raias e até tocá-las. 9.Cidade Perdida de Atlântida: na ilha Cayman Branc vive um dos artistas mais singurales do Caribe. Se trata do alemão Foots, que recriou a cidade perdida de Atlântida, o maior conjunto artístico submerso. São templos, colunas e estátuas inspiradas na mítica Atlântida, bem embaixo do mar caribenho. Já em terra firme, o escultor abre sua casa ao visitantes que podem acompanhar seu projeto. 10.Jantar em Camana Bay: o bairro mais recente da ilha Grand Cayman, que abriga os hotéis e comércios mais luxuosos, conta também com uma torre onde é possível observar todo o panorama da ilha. É lá onde estão os melhores restaurantes, como o Mizu Asian Bistro, considerado a melhor gastronomia oriental das ilhas; e bem ao lado, a casa Gelato&Co que oferece gelatos italianos em pleno Caribe. 11.Conhecer a menor capital do Caribe: George Town poderia ser considerada um aldeia tropical, se não fosse por seus dois grandes duty-free, bancos internacionais e restaurantes. Tudo em volta do pequeno porto, onde os passageiros dos grandes cruzeiros vem e vão em lanchas durante o dia. 12.Festejar com piratas: o "Pirates Week Festival" é uma das festas mais importantes do ano e é realizada anualmente no mês de novembro. A festa recorda os vínculos e as histórias entre as ilhas e os piratas. A gastronomia local também é celebrada em outros dois eventos com muita música: "Cayman Cookout" e "Taste of Cayman".   


13.Enviar um cartão-postal do "inferno": uma área do oeste do Grand Cayman se chama Hell (Inferno), devido a sua superfície com afiadas rochas e sem vegetação. A principal atração, no entanto, não é a paisagem, mas os negócios onde vendedores recebem seus clientes vestidos de diabos e perguntando: "where the hell are you from?" ("de que inferno você vem?"). O turista também pode surpreender os amigos quando receberem um cartão-postal do inferno, a brincadeira é feita pelo correio "Hell Post Office".   


14.Explorar o mar: os passeios submarinos são oferecidos por várias empresas, as principais são: Atlantis, Bubble Sub, Cayman Deep Sea Experience e Nautilus Undersea Tours. Os mergulhadores recebem todo o equipamento e treinamento necessário para explorar as pronfundezas aquáticas.   


15.Fotografar as iguanas azuis: extintas de Cuba, as iguanas azuis são um dos poucos animais endêmicos das ilhas Cayman. A espécie pode viver até 70 anos e supreende pelas cores exuberantes. Little Cayman, a mais agreste e menos populada das ilhas, tem a maior quantidade de animais da espécie. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos