CR7 diz que se sente como um 'inocente na prisão'

ROMA, 13 DEZ (ANSA) - O português Cristiano Ronaldo afirmou, um dia após receber pela quarta vez o prêmio Bola de Ouro, que se sente como um "inocente na prisão" pelas acusações de que teria cometido crimes fiscais na Espanha.   


"Há pessoas inocentes na prisão e eu me sinto assim. Sei que não fiz nada de errado e dizem que fiz. Ninguém pode ficar contente com uma situação dessas", disse o craque do Real Madrid à revista "France Football".   


Ronaldo está sob a mira da mídia espanhola após revelações do "Football Leaks", que aponta que o jogador teria evadido centenas de milhares de euros em impostos. O caso seria semelhante aos que foram envolvidos Messi, Neymar e Eto'o. "Antes ou depois, a verdade aparecerá e é sobre isso que estou trabalhando com os meus advogados. É uma situação que não faz bem a minha família. É um processo longo, mas sei que não fiz nada de errado. Enquanto falam de mim, dos meus amigos, do meu filho ou de minhas supostas namoradas, tudo bem. Mas, agora quero que seja feita justiça", disse o atacante. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos