Por 53 a 16, Senado aprova PEC do Teto em 2º turno (2)

SÃO PAULO, 13 DEZ (ANSA) - Em sessão marcada por tumultos, o Senado aprovou por 53 votos a favor e 16 contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estipula um teto para os gastos públicos pelos próximos 20 anos. Na votação do primeiro turno, ocorrida no dia 30 de novembro, o placar tinha ficado com 61 votos a favor e 14 contra. Como é uma mudança constitucional, o texto precisa ser aprovado em duas votações e ter um mínimo de 49 votos. A PEC do Teto é considerada fundamental pelo presidente Michel Temer para enfrentar a crise econômica no Brasil, mas é alvo de muitas críticas - de opositores e até mesmo da Organização das Nações Unidas - por dar a possibilidade de congelar investimentos em saúde e educação nas próximas duas décadas. Durante a sessão, houve bate-boca em diversos momentos. Do lado dos que defendiam o projeto, os senadores acusavam o governo anterior de "destruir" as contas públicas. Já a oposição usava uma pesquisa produzida pelo Instituto Datafolha de que 60% dos brasileiros eram contrários à PEC do Teto.   


Agora, a emenda à Constituição deverá ser promulgada nesta quinta-feira (15) e, a partir de então, o texto virará lei.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos