Última superlua de 2016 ocorre nesta terça-feira

SÃO PAULO, 13 DEZ (ANSA) - Após a superlua encantar o mundo duas vezes em 2016, nesta noite de terça-feira (13) será possível dar adeus ao evento astronômico.   

A primeira aparição do fenômeno ocorreu no dia 16 de outubro e depois, no dia 14 de novembro. Na última ocasião, inclusive, a lua esteve em seu ponto mais próximo da Terra dos últimos 70 anos. O fenômeno ocorre quando a órbita do satélite está em seu ponto mais próximo ao planeta Terra e coincide com a fase da lua cheia. Hoje, especialmente, o evento será acompanhado de uma chuva de meteoros que, por causa da iluminação lunar, provavelmente não será tão vista. No entanto, a chuva de meteoros Geminídeas promete até 120 estrelas cadentes por hora. No Brasil, os eventos astronômicos podem ser observados a partir das 19h30, e para a superlua, o momento em que ela surge no horizonte é o mais aconselhado para contemplação. Isso porque, segundo os astrônomos, ao olhar a lua junto aos prédios e elementos externos, nossa visão reproduz uma ilusão de ótica que a torna maior do que realmente é. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos