Inflação volta a aparecer na Itália em novembro

ROMA, 14 DEZ (ANSA) - Após ter tido deflação no último mês de outubro, o índice de preços na Itália voltou a registrar alta em novembro e cresceu 0,1% na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (14) pelo Instituto Nacional de Estatística (Istat).   

No entanto, em relação a outubro de 2016, houve queda de 0,1%.   

Com isso, o país acumula deflação de 0,2% neste ano. Ainda assim, o ressurgimento da inflação, ao menos na base mensal, alivia a preocupação do mercado quanto a uma possível espiral de queda de preços.   

Segundo o Istat, o crescimento do índice em novembro se deve sobretudo aos transportes e aos serviços recreativos e culturais, cujos preços tiveram alta de 0,9% e 0,7%, respectivamente.   

A Itália convive há anos com o risco de deflação, principalmente em função de sua economia estagnada e da fraca recuperação do mercado de trabalho. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos