Mulheres protestam contra veto de minissaia em Israel

TEL AVIV, 14 DEZ (ANSA) - Um grupo de mulheres realizou um protesto nesta quarta-feira (14) utilizando minissaias como forma de se manifestar contra limitações impostas pelo Knesset, o Parlamento de Israel, a uma funcionária.   

De acordo com as autoridades, dias atrás, uma assessora de um dos deputados da União Sionista foi parada à porta do Knesset por mais de uma hora sob o pretexto de seu vestido ser extremamente curto, o que seria uma ofensa ao Parlamento.   

O presidente do Knesset, Yoel Edelstein, negou o caso e disse que apenas reforçou a segurança existente. No entanto, a deputada Shelly Yechimovic publicou em seu perfil no Twitter uma fotografia de membros do Parlamento utilizando saias, relativamente curtas, como protesto à nova política.   

Segundo a imprensa local, a nova conduta entrou em vigor há um mês e foi estipulado que não será permitido entrar no Parlamento com roupa inapropriada, como "saias e vestidos curtos ou sandálias". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos