Torre Eiffel será apagada em homenagem a civis de Aleppo

PARIS, 14 DEZ (ANSA) - A Torre Eiffel, que está fechada devido a uma greve, terá suas luzes apagadas na noite desta quarta-feira (14) em homenagem à população de Aleppo, na Síria. A decisão foi tomada pela Prefeita de Paris, Anne Hidalgo.   

A homenagem ocorrerá às 20h locais, mesmo que o monumento passe pelo seu segundo dia consecutivo de greve de funcionários, que pedem um aumento de salário. Estão sendo realizadas negociações entre os sindicatos e a administração da Torre Eiffel. A "SETE", Société d'Exploitation de la Tour Eiffel, pediu desculpas e lamentou o fato que, ontem, "os visitantes que já estavam no local foram penalizados por esta situação". A cidade de Aleppo, na Síria, enfrenta fortes confrontos entre o Exército das forças leais ao presidente Bashar al-Assad e grupos rebeldes. Fontes locais afirmam que civis estão sitiados e sendo massacrados nos combates. Um cessar-fogo estava previsto para a evacuação da população, mas foi violado e os civis tiveram que permanecer na cidade.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos