Autor de massacre em Charleston é considerado culpado

NOVA YORK, 15 DEZ (ANSA) - O jovem Dylan Roof, 22 anos, foi considerado culpado pelo massacre de nove negros em uma igreja de Charleston, na Carolina do Sul, em 17 de junho de 2015.   

A decisão do júri nesta quinta-feira (15) considerou que o jovem, que se auto-radicalizou na supremacia branca, é culpado de homicídio e de crime de ódio. Com o veredicto de hoje, ele pode ser condenado à morte.   

A condenação desta quinta corresponde à ação federal contra ele, que levava em conta 33 acusações. Roof ainda será julgado no âmbito estadual a partir do dia 17 de janeiro.   

O jovem abriu fogo durante a leitura da Bíblia na Emanuel African Methodista Episcopal Church e, em seu site pessoal, postava textos incitando a violência contra pessoas negras.   

Sobreviventes contaram ainda que ele ofendia as vítimas durante o massacre. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos