Casa Branca condena morte de embaixador russo na Turquia

WASHINGTON E ISTAMBUL, 19 DEZ (ANSA) - Através de nota, o governo dos Estados Unidos condenou o assassinato do embaixador russo Andrei Karlov durante um evento em uma galeria de arte em Ancara, na Turquia.   

"Os EUA condenam fortemente o assassinato em Ancara do embaixador russo, que deixou ainda feridas outras pessoas. Este odioso ataque a um membro do corpo diplomático é inaceitável e nós estamos com a Rússia e com a Turquia na nossa determinação de enfrentar o terrorismo em todas as suas formas", diz a nota. A Casa Branca ainda desejou condolências aos familiares do embaixador, ao povo e ao governo russo. O secretário de Estado, John Kerry, ainda informou que está disposto a ajudar nas investigações do caso.   

Quem também se manifestou em nota foi o Ministério das Relações Exteriores da Turquia. "Condenamos este vil ataque terrorista. O embaixador Karlov foi um diplomata excepcional que trabalhou em um período difícil na Turquia e que ganhou a estima de todos por sua capacidade pessoal e profissional. Não permitiremos que este ataque estrague a amizade entre Turquia e Rússia", diz o comunicado.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos