Itália diz que morte de embaixador russo é 'horrível'

ROMA, 19 DEZ (ANSA) - O primeiro-ministro da Itália, Paolo Gentiloni, usou as redes sociais para expressar solidariedade ao governo russo após a morte do embaixador do país em Ancara, Andrei Karlov.   

"Estamos próximos à Rússia pelo horrível assassinato do embaixador Karlov em Ancara", escreveu o premier no Twitter.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos