Médico da Chapecoense diz que Neto pode voltar a jogar

SÃO PAULO, 19 DEZ (ANSA) - O zagueiro Neto, que sobreviveu ao acidente aéreo com o time da Chapecoense, pode voltar a treinar dentro de quatro meses, disse o médico Marcos Sonagli. O jogador está internado na cidade de Chapecó e, no último sábado (17), caminhou pela primeira vez desde a tragédia, com o auxílio de um médico. Neto tem realizado movimentos corporais com um colete que dá suporte à coluna, já que teve sua quinta vértebra lombar fraturada. "Ele conseguiu caminhar com um pouco de auxílio e não teve dor na região lombar. Ele tem falado que quer voltar a jogar, isso ele deixa bem claro. Mas a primeira intenção dele é ir para casa", contou o médico.   


De acordo com Sonagli, o jogador terá que continuar com colete por mais 90 dias. "Mas acredito que ele poderá treinar, dependendo das lesões associadas aos membros inferiores, dentro de 90 a 120 dias, de três a quatro meses", disse. Neto é um dos quatro sobreviventes brasileiros do acidente com o avião da Chapecoense, que caiu em Medelín, na Colômbia, e matou 71 pessoas. Os outros sobreviventes são o goleiro Jackson Follmann, o jornalista Rafael Henzel e o lateral Alan Ruschel.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos