ONU vota hoje resolução sobre evacuação de civis de Aleppo

ROMA, 19 DEZ (ANSA) - Após uma série de atrasos, mais de mil pessoas foram evacuadas nesta manhã (19) das últimas áreas controladas por rebeldes em Aleppo, na Síria, informaram fontes médicas e aimprensa local. Desde a semana passada, milhares de civis tentam deixar Aleppo, que é controlada por rebeldes ao regime do presidente Bashar al-Assad e cidade que tem sido palco de confrontos e bombardeios. As forças do governo, com o apoio russo, montaram um cerco contra os rebeldes para retomar o controle de Aleppo. Nesta segunda-feira, o Conselho de Segurança das Nações Unidas deve votar uma resolução para enviar observadores a Aleppo, a fim de monitorar o processo de evacuação de civis. O acordo teria sido alcançado nos bastidores com os países que compõem o Conselho após a França aceitar emendas propostas pela Rússia.   

O embaixador francês na ONU, François Delattre, disse que os 15 membros do Conselho conseguiram chegar a um acordo sobre um texto "baseado exatamente" no projeto da França, que propõe o envio de observadores internacionais para monitorar a retirada dos civis de Aleppo e a sua segurança.   

Delattre assinalou que os observadores não irão precisar de autorização do governo sírio para trabalhar. Seu colega russo, Vitaly Churkin, estimou que se trata de "um bom texto", e disse que a votação acontecerá às 9h de Nova York. De acordo com fontes locais, o texto que será votado pede uma "adequada monitoração, direta e neutra das evacuações em Aleppo". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos