Após polêmica apreensão, China devolve drone aos EUA

WASHINGTON, 20 DEZ (ANSA) - A China devolveu aos Estados Unidos um drone submarino que havia capturado no Mar do Sul na última quinta-feira (15), informaram o Pentágono e o Ministério da Defesa chinês nesta terça-feira (21).   

"A China e os EUA concluíram com êxito, após consultas amistosas na parte correspondente do mar do Sul da China, os procedimentos de entrega do veículo submarino não tripulado norte-americano", informou o Ministério.   

Já o porta-voz do Pentágono, Peter Cook, informou que o equipamento foi devolvido no mesmo local onde o "incidente" ocorreu, em águas internacionais.   

O caso elevou a tensão política entre chineses e norte-americanos, já que o drone pertencia à tripulação da embarcação oceanográfica USNS Bowditch, que era quase toda civil. Ainda no dia da apreensão por parte de um navio militar chinês, os tripulantes informaram que haviam solicitado a devolução do aparelho porque ele não continha dados confidenciais e coletava dados para uma pesquisa ambiental.   

No fim de semana, o presidente eleito dos EUA, Donald Trump, disse que não queria o drone de volta porque ele tinha sido "roubado" pelos chineses. Por sua vez, Pequim se defendeu dizendo que os militares ficaram com o equipamento "para impedir que ele representasse alguma ameaça à segurança da navegação de embarcações próximas".   

Apesar da devolução, Cook informou que o Pentágono continuará investigando o caso. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos