Estado Islâmico reivindica atentado em Berlim, diz 'SITE'(2)

ROMA, 20 DEZ (ANSA) - A agência de notícias do grupo terrorista Estado Islâmico (EI, ex-Isis), "Amaq", reivindicou o atentado ao mercado de Natal de Berlim desta segunda-feira (19), afirmou a diretora do portal especializado sobre o grupo "SITE", Rita Kartz. Em seu Twitter, Kartz disse, nesta terça-feira (20), que o EI chamou o terrorista que estava dirigindo o caminhão no ataque, e que acabou fugindo, de "soldado do Estado Islâmico" por ter respondido ao "pedido" do grupo de "atacar nações da coalizão". Este é o terceiro atentado realizado com um veículo a ser reivindicado pelo grupo nos últimos meses, após os ataques de Nice, na França, em julho deste ano, e do estado norte-americano de Ohio, em novembro. No entanto, segundo Katz, esta é a primeira vez que a agência do EI reivindica um atentado cujo responsável ainda está vivo. Nos outros casos, não apenas na França e nos Estados Unidos, mas também em outros incidentes na Alemanha e na Rússia, os ataques foram realizados por "lobos solitários" que acabaram sendo mortos por policiais antes que o Estado Islâmico reivindicasse os episódios.   

Além disso, de acordo com Katz, em novembro, foi publicado na revista do Estado Islâmico, "Rumiyah", em várias línguas, um guia de como realizar ataques guiando veículos, que seria uma maneira "fácil" de se fazer um atentado e que passaria "desapercebidamente" pela segurança dos locais escolhidos como alvos. Nesta terça-feira, a chanceler alemã, Angela Merkel, já havia dito que o incidente poderia se tratar de "um atentado terrorista", mas nenhum grupo havia dito alguma coisa. Desde outubro, a Polícia da Alemanha, assim como a da França, vem reforçando a segurança e efetuando prisões que miravam ataques em mercados de natal dos dois países. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos