Governo italiano pede autorização para intervir em bancos

ROMA, 20 DEZ (ANSA) - O ministro da Economia da Itália, Pier Carlo Padoan, fez uma solicitação às comissões de Orçamento da Câmara dos Deputados e do Senado pedindo uma "autorização para atualizar os objetivos (de finanças públicas) para adotar medidas para proteger os poupadores".   

O ministro, lendo o documento, fala de uma "possível intervenção pública de precaução segundo o que está previsto nas diretrizes europeias" e reitera que "o Governo está pronto a adotar um ou mais intervenções (até 20 bilhões de euros) para assegurar a liquidez" dos bancos que necessitarem da medida.   

Apesar de não citar diretamente possíveis bancos que receberiam a "ajuda", é certo que a questão do Monte dei Paschi di Siena (MPS) está na mesa. O banco mais antigo do mundo tem liquidez para mais 24 dias, segundo um alerta do Banco Central Europeu (BCE).   

A entidade já adotou algumas medidas de mercado para tentar fugir do problema, mas se o governo não ajudar, é muito provável que o MPS não tenha mais dinheiro sequer para cobrir as próprias necessidades. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos