Papa diz estar triste por morte de embaixador russo (2)

CIDADE DO VATICANO, 20 DEZ (ANSA) - O secretário de Estado do Vaticano, o cardeal Pietro Parolin, enviou nesta terça-feira (20) um telegrama para o presidente da Rússia, Vladimir Putin, em nome do papa Francisco, em condolências à morte do embaixador russo na Turquia.   

Segundo a mensagem, o Pontífice está "triste" e "envia suas condolências a todos aqueles que lamentam a perda, e especialmente para os membros da família do embaixador".   

Nesta segunda-feira (19), um homem assassinou o embaixador russo em Ancara, Andrei Karlov, durante a abertura de uma exposição de arte no Contemporary Arts Center, no centro da capital da Turquia. O ataque foi definido como um "ato terrorista" pela porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova.   

Além disso, o caso será levado ao Conselho de Segurança das Nações Unidas já que pode causar uma crise diplomática entre turcos e russos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos