Pela 1ª vez,Papa nomeia mulher para chefiar Museus Vaticanos

CIDADE DO VATICANO, 20 DEZ (ANSA) - Pela primeira vez na história do Vaticano, uma mulher foi nomeada para o mais alto cargo dos Museus do Vaticano. O papa Francisco escolheu Barbara Jatta, que era vice-diretora dos museus, para ocupar o cargo de diretora à partir do dia 1º de janeiro de 2017.   


Nascida no dia 6 de outubro de 1962, Jatta é casada e tem três filhos. Graduou-se em Letras na Universidade "La Sapienza" de Roma em 1986, e tirou o diploma de arquivista na Escola Vaticana de Palografia. Além disso, a italiana tem mestrado em História da Arte na Universidade de Roma, especialização de História da Gráfica e das Técnicas de Incisão. Em 1994, atuou como professora na Universidade de Nápoles. Ingressou no Vaticano em 1996, como responsável do Gabinete de Imprensa da Biblioteca Apostólica Vaticana, e em 2010 foi nomeada curadora da Gráfica do Vaticano. Em junho do ano passado, Jatta foi transferida da Biblioteca para a Diretoria dos Museus do Vaticano, onde agora, ocupará o cargo de diretora.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos