Reino Unido nega status de religião à crença de 'Star Wars'

LONDRES, 20 DEZ (ANSA) - A Comissão da Caridade, comitê no Reino Unido que estabelece e fiscaliza quais são os grupos que podem ser considerados organizações de beneficência no país, deixou milhares de fãs britânicos da saga "Star Wars" desamparados. O motivo foi que o órgão britânico negou o pedido do "Temple of the Jedi Order" ("Templo da Ordem Jedi", em português) de se tornar uma organização de caridade e, assim, uma verdadeira religião. De acordo com o órgão, o "jedaísmo não promove melhorias éticas ou morais" e essa adoração ao "lado bom da força" não possui "os elementos espirituais e seculares que fundamentam uma religião", duas especificações que precisam existir, segundo a legislação da comissão. Além disso, a comissão britânica ainda disse que a "Jedi Church" ("Igreja do Jedi") não tem "coerência, coesão ou seriedade", itens que também devem ser fundamentais em uma organização de caridade que trata de uma religião.   


Segundo dados do Censo de 2011, 177 mil pessoas se consideravam "jedaistas" no Reino Unido na época. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos