América é campeã de homicídios de missionários católicos

CIDADE DO VATICANO, 30 DEZ (ANSA) - A América termina pelo oitavo ano consecutivo como o continente onde mais foram assassinados operadores pastorais da Igreja Católica.   

Segundo a agência vaticana "Fides", 12 pessoas ligadas à Santa Sé morreram de forma violenta em solo americano em 2016. Em segundo lugar aparece a África, com oito vítimas, seguida por Ásia, com sete, e Europa, com uma, o padre francês Jacques Hamel, degolado por jihadistas em uma igreja nos arredores de Rouen.   

Somando todos os continentes, foram 28 mortes de operadores pastorais, sendo 14 sacerdotes, nove freiras, quatro laicos e um seminarista - a Oceania não registrou nenhum assassinato.   

A maior parte dessas pessoas perdeu a vida após tentativas de assalto. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos