Grupo de italianos sobrevive à atentado em boate na Turquia

MODENA, 2 JAN (ANSA) - Um grupo de cinco italianos sobreviveu ao atentado à boate Reina em Istambul, na Turquia, que deixou 39 mortos e mais 70 feridos no último domingo, dia 1º.   

De acordo com a emissora de televisão italiana "TRC - Telemodena", o grupo era composto por três homens de Modena, um de Palermo e por uma mulher de Brescia, que ficou levemente ferida na cabeça.   

Ao canal, os cinco disseram que se jogaram no chão para se salvarem quando os primeiros disparos começaram. Os jovens estavam na boate para comemorar o Ano Novo.   

"Tudo aconteceu em um instante. Estávamos todos festejando e comendo na mesa quando começaram os primeiros tiros que desencadearam o pânico no lugar", contaram à emissora.   

Os italianos, que preferem ficar no anonimato para a sua segurança, contaram que os disparos pareciam ter vindo de várias direções e que viram um homem com uma arma de cano longo.   

De acordo com a reconstrução do momento do acidente, os cinco italianos disseram que os tiros haviam sido disparados da pista central da boate, mas também do piso superior, onde se encontra o restaurante japonês. Essa afirmação, se comprovada, provaria que havia ao menos dois atiradores do local. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos