Itália faz primeiro resgate de imigrantes em 2017

Em Palermo

  • Yannis Behrakis/Reuters

    Imigrantes são resgatados no mar Mediterrâneo próximo à costa da Líbia

    Imigrantes são resgatados no mar Mediterrâneo próximo à costa da Líbia

A Itália realizou nesta segunda-feira (2) sua primeira operação de resgate no mar Mediterrâneo e salvou 114 deslocados externos que estavam a bordo de um bote superlotado perto da costa da Líbia.   

Os imigrantes foram resgatados pelo navio Aquarius, da organização ítalo-franco-alemã SOS Méditerranée, que atua em parceria com a ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF). A operação ocorreu por volta de 3h45 da madrugada (horário local).   

A intervenção foi realizada rapidamente, graças às boas condições do Mediterrâneo, calmo e sem vento. Entre os 114 deslocados, havia seis mulheres e 22 menores de idade, 16 dos quais desacompanhados.   

A maior parte é proveniente de Senegal, Guiné, Uganda, Mali e Costa do Marfim, na África. Em 2016, mais de 180 mil imigrantes ilegais chegaram à costa da Itália, um crescimento de 17,84% em relação ao ano anterior.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos