Netanyahu é interrogado pela polícia em Israel

TEL AVIV, 02 JAN (ANSA) - Investigadores da Polícia de Israel foram nesta segunda-feira (2) à casa do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu para interrogá-lo.   

O caso é mantido sob sigilo, mas a imprensa local diz que os policiais suspeitam de conflito de interesses em diversos presentes e favores pessoais recebidos pelo premier e sua família de empresários estrangeiros nos últimos anos.   

A parlamentares de seu partido, o Likud, Netanyahu afirmou que a Polícia "não tem nada" e ironizou a oposição: "Esperem para festejar". Segundo o "Canal 10", muitos desses presentes foram dados em momentos de "notável importância" para quem os ofereceu.   

Já o jornal "Haaretz" diz que, por trás de um suposto tráfico de influência, se esconde um segundo escândalo, que seria "uma espécie de terremoto". O primeiro-ministro e seu governo ainda não se pronunciaram oficialmente após o interrogatório. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos