'Querem deixar a Turquia de joelhos', diz Erdogan

ROMA, 05 JAN (ANSA) - O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou nesta quinta-feira (5) que o país está "sob ataque contemporâneo de diversos grupos terroristas que querem colocá-lo de joelhos".   

"Mas não vão conseguir. Eles não podem colocar as pessoas umas contra as outras. Não conseguiram destruir nossa unidade e não conseguirão", declarou. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos