Após ataque, aeroporto de Fort Lauderdale é reaberto

WASHINGTON, 7 JAN (ANSA) - O aeroporto de Fort Lauderdale, na Flórida, foi reaberto na manhã deste sábado (7) após um ataque que deixou, ao menos, cinco mortos e diversos feridos.   

O único local que continua fechado é o Terminal 2, onde ocorreu o tiroteio, para que os peritos continuem trabalhando na cena do crime. No entanto, ainda estão sendo registrados atrasos e cancelamentos de voos para a Flórida.   

A polícia identificou e prendeu o atirador Esteban Santiago, 26 anos, e disse que investiga todas as possibilidades para ação - incluindo terrorismo.   

Santiago viajou do Alasca e realizou a ação ainda por motivos desconhecidos. A mídia dos EUA afirma que ele sofre de problemas mentais porque afirmou, ao ser detido, que o governo estava "controlando sua mente e obrigando a assistir vídeos de jihadistas".   

Segundo as autoridades, o homem é um veterano da guerra no Iraque e serviu entre abril de 2010 e fevereiro de 2011 no país e deixou o Exército em agosto de 2016. Ele ainda é um ex-membro da Guarda Nacional de Porto Rico e do Alasca. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos