Em ano recorde,museus italianos recebem 44,5mi de visitantes

ROMA, 7 JAN (ANSA) - Pelo terceiro ano consecutivo, os museus estatais italianos bateram recorde de visitantes e de renda, informou o ministro para os Bens Culturais, Dario Franceschini, neste sábado (7).   


Em 2016, foram mais de 44,5 milhões de visitantes e uma arrecadação com bilheterias de mais de 172 milhões de euros, representando um incremento de 4% e 12%, respectivamente, na comparação com 2015. Em números totais, foram 1,2 milhão a mais de visitantes e 18,5 milhões de euros a mais do que o arrecadado em 2015.   


"Os seis milhões de visitantes a mais nesse triênio representam um incremento de 15% e nos levaram a um aumento de 45 milhões de euros em recebimentos. Estes recursos preciosos voltarão integralmente para os museus segundo um sistema que premia as melhores gestões e, ao mesmo tempo, garante [dinheiro] às pequenas realidades", disse Franceschini ao anunciar os dados.   


Em 2013, segundo dados do governo, o número de visitantes foi de 38 milhões, com altas consecutivas até os 44,5 milhões do ano passado.   


Nesse crescimento, há um especial destaque para o sul da Itália, onde a Campânia registrou o segundo lugar entre as regiões que mais recebem turistas. Foram oito milhões de ingressos vendidos, "um aumento de 14,2% em relação a 2015", destaca o ministro.   


"A parte principal, sem dúvida, é o nosso patrimônio arqueológico. Se for considerado apenas os valores entre Coliseu, Foros Romanos, Palatino, Museu Arqueológico de Nápoles, parque arqueológico Paestum e Pompeia, no ano passado, foram cerca de 11 milhões de ingressos. Mas, os museus também tem um papel importante, sendo que cerca de metade dos bilhetes está concentrada nos museus autônomos", destacou Franceschini. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos